Progresso Espiritual

Deus

CONHECIMENTO X DEUS

Quanto mais o ser humano se atualiza em conhecimentos, mais vai se distanciando de Deus. Isto, porque as ideias sobre Deus e os mecanismos da Vida não são atualizados. Permanecem nos mesmos formatos dos milênios passados.

Isto gera um descompasso no equilíbrio evolutivo do ser. Somos como os pássaros que precisam das duas asas para elevar-se do chão e ganhar as alturas, mas enquanto nossa “asa do conhecimento” cresce vigorosamente, a da “religiosidade” que nos liga com o Divino, permanece atrofiada.

EIS A CAUSA de tantos males e de tanto mal que acontece na Terra.

Já é mais que tempo de se buscar essas ATUALIZAÇÕES sobre Deus e os mecanismos da Vida, para que o ser humano possa harmonizar-se e pacificar-se com relação ao Todo.

Jesus trouxe a primeira dessas atualizações para o mundo ocidental, ensinado que Deus é um Pai amoroso, sábio e perfeito, a conduzir seus filhos pelos caminhos do crescimento espiritual em busca da Perfeição. (Ele disse: “Sede perfeitos como perfeito é o vosso Pai Celestial)

Mas quando o cristianismo primitivo se oficializou como religião acabou mudando o foco ao investir-se dos presumíveis poderes de abrir as portas do Céu às pessoas, ou enviá-las ao Inferno.

Isso mudou tudo.

Ao invés dos cristãos serem direcionados a buscarem o próprio aperfeiçoamento espiritual na vivência dos valores ensinados por Jesus, bastar-lhes-ia praticar os atos exteriores ordenados pela Igreja, tais como, ir à missa, confessar, comungar e ter a alma encomendada após a morte para ir para o Céu.

Isso fez toda a diferença.

Depois veio o Protestantismo e hoje as Evangélicas, estando a maioria dessas últimas, mais interessada no faturamento do que em cumprir o papel de uma religião.

Nenhuma delas, porém, aceitaria a ideia de perder o Poder e/ou o faturamento, e com isso atacam furiosamente qualquer ideia de atualização que se pretenda fazer com relação a Deus, o papel de Jesus etc., e assim, a asa da evolução espiritual continua atrofiada, levando milhões ao ateísmo.

OBS. Há ainda, felizmente, diversas igrejas e diversos padres, pastores etc. que procuram cumprir sua missão da melhor maneira possível.

Quanto aos embates entre a Ciência e a Fé…

Grande parte dos cientistas vem afirmando que Deus não existe, sem jamais terem comprovado cientificamente sua inexistência.

As pesquisas científicas, ao retrocederem no tempo, só têm conseguido chegar até o Big Bang, mas eles continuam convictos de que aquela ocorrência foi o princípio de tudo, e que todos os eventos depois dele representaram tão somente ocorrências fortuitas, ou seja, que a partir de uma “singularidade”, menor do que um átomo, ao explodir, foi surgindo o cosmo com todas as suas complexidades e leis (da física, da química etc.)

Mas, para que houvesse essa singularidade inicial, ela teria surgido assim, do nada? Autocriou-se?

Dessa forma, observando por um ângulo mais amplo, chega-se sempre a um resultado final, ou inicial: há um Criador, antes, acima e em tudo, ou no TODO, um Criador cujo Poder, Inteligência e Perfeição estão muito além do entendimento humano, lembrando que este, o ser humano, vive e se move dentro de apenas um aspecto cósmico, sem a mínima possibilidade de devassar o Indevassável, conhecer o Incognoscível, ultrapassar as barreiras do Infinito e perquirir a Eternidade, ou conhecer as causas primárias do universo e da Vida.

Infelizmente, porém, Deus continua sendo visto pelo mundo cristão com aquela roupagem que o Velho Testamento lhe deu

O livro “O que acontece depois da Vida”, que dá suporte a este Projeto, traz amplas explicações e demonstrações a respeito e está disponível no site da Amazon, a preços irrisórios, porque a este Grupo só interessa que esses conhecimentos alcancem a quem deles possa se beneficiar:

Em português: O que acontece depois da Vida; em espanhol: Lo que ocurre después de la Vida, e de forma simplificada em: Nós e o Mundo Espiritual

.

(…) tendo em vista nossa pouca evolução espiritual, parece-nos impossível amar Deus, já que não conseguimos visualizá-Lo em nossa imaginação, pois qualquer forma que Lhe queiramos dar O estaremos diminuindo em Sua grandeza, mas…

Quando abrimos a janela pela manhã e deparamos com um Sol maravilhoso a se refletir na neve com centenas de pontinhos brilhantes como pequeninos diamantes a nos saudarem, ou quando seus raios acariciam suavemente as folhas das árvores ou as pétalas das flores que vão despertando com sua luz e calor… Nesses sentimentos maravilhosos que nos enchem a alma estamos amando Deus.

Quando nossa alma se enche de piedade pelo sofrimento alheio; quando abraçamos um filho ou algum ente querido; quando ouvimos uma bela música ou palavras que nos enlevam o espírito; e sempre que uma emoção nobre ou de caráter superior nos afaga a alma, nessas emoções estamos amando Deus, esse algo que está totalmente fora e muito além de qualquer possibilidade de O pensarmos… mas podemos senti-Lo, e assim amá-Lo.”

.

TUDO DE MELHOR, CARO VISITANTE, PARA SUA VIDA E SEU CAMINHO, são os nossos votos:

Equipe do “Progresso Espiritual

Rolar para o topo