Progresso Espiritual

Psicografia

PERGUNTA – Como acontece a psicografia? O espírito pega a mão do médium e escreve?

RESPOSTA – Não é bem assim. Toda comunicação mediúnica passa pela mente do médium. O espírito sintoniza com a mente do médium, envolve-o em seus fluidos, ou energias espirituais, atua sobre seu corpo espiritual e através deste domina o corpo físico ou somente a mão, ou a fala, conforme o caso. Há médiuns que psicografam simultaneamente com as duas mãos e até mesmo em idiomas diferentes. É claro que as técnicas usadas pelos espíritos nós não podemos conhecer ou entender em profundidade, porque eles atuam numa dimensão da qual ainda pouco sabemos. Além disso, os mais avançados ganhos da ciência na Terra, não passam de um jardim da infância, comparados ao conhecimento científico do mundo espiritual, em suas faixas mais altas.

Francisco Cândido Xavier, ou simplesmente Chico Xavier (1910 – 2002 – Brasil), é considerado um dos maiores médiuns da história, tendo se dedicado principalmente à psicografia.

Cerca de 10.000 pessoas desesperadas com a morte de seus filhos e outros seres amados, durante mais de 60 anos encontraram consolo e esperança nas mensagens psicografadas por Chico Xavier.

As pessoas iam chegando às centenas ao Grupo Espírita da Prece (em Uberaba-Minas Gerais-BR) e, enquanto junto ao auditório se realizavam reflexões sobre a vida, a importância do amor, do perdão, da humildade etc., Chico se concentrava e, de olhos fechados, o lápis ia correndo sobre as folhas de papel em alta velocidade. Ao final da reunião, ele ia pegando as folhas psicografadas e, conforme lia as mensagens, as pessoas às quais eram dirigidas, só pelo teor da carta já percebiam de quem se tratava e se aproximavam emocionadas, as mães em lágrimas de felicidade por terem reconhecido seus filhos, recebendo das mãos de Chico as cartas confortadoras. Muitas dessas cartas continham dados que só o espírito autor e o destinatário sabiam.

O pesquisador da Universidade Estadual de Londrina-PR, Prof. Dr. Carlos Augusto Perandréa, pós-graduado em criminologia, durante cerca de 14 anos estudou cientificamente 400 dessas mensagens utilizando a grafoscopia, a mesma técnica com que avaliava assinaturas para bancos, polícias e o Poder Judiciário. Perandréa comparou a letra dos indivíduos antes da morte e depois nas mensagens psicografadas, concluindo que todas as psicografias possuíam autenticidade gráfica dos referidos mortos. Em 1991, publicou o resultado desse estudo no livro intitulado “A Psicografia à Luz da Grafoscopia”.

Também a AME-SP-Associação Médico-Espírita de São Paulo, fez um estudo de 45 cartas psicografadas por Chico Xavier, o que gerou o livro “A Vida Triunfa”, em 1990. A partir de dados colhidos por um questionário padrão feito aos destinatários das mensagens, a AME-SP chegou a várias constatações, como, por exemplo: 100% das famílias declararam 100% de acerto nos dados nelas informados.

.

OBS. O texto completo se encontra na íntegra no livro “O que acontece depois da Vida”, que dá suporte a este Projeto e está disponível no site da Amazon, a preços irrisórios, porque a este Grupo só interessa que esses conhecimentos alcancem a quem deles possa se beneficiar:

Em português: O que acontece depois da Vida; em espanhol: Lo que ocurre después de la Vida, e de forma simplificada em: Nós e o Mundo Espiritual

Rolar para o topo